top of page

Informações sobre o CARE



ÁREA DE CONHECIMENTO: Saúde da Família INSTRUÇÕES ESPECIAIS NÍVEL SUPERIOR 1. Você está recebendo o seu Caderno de Questões, 5. contendo 50 questões objetivas de múltipla escolha, O candidato, ao receber o seu Caderno de Questões, numeradas de 01 a 50, em ordem seqüencial. Confira a deverá assinar em todas as páginas, inclusive na última seqüência numérica de seu Caderno de Questões antes Nonononono no nononono nonono no nononono no nnononno no página, nonono onde no se nononono encontra o gabarito non nonono pessoal. no nono de iniciar a resolução, assim como o número de páginas, nonono comunicando, nononono imediatamente, nonnono non ao nono Fiscal de Sala, em 6. Para cada questão existirão 05 (cinco) alternativas caso de repetição ou ausência de questão ou página. de resposta (A, B, C, D e E), da qual apenas uma será correta, de acordo com o comando da questão. A 2. Você deve conferir, na capa do Caderno de Questões e marcação de mais de uma anula, automaticamente, a no rodapé das páginas internas, o nome do cargo ao qual resposta da questão. este Caderno de Questões se refere. Caso você tenha recebido um Caderno de Questões que não 7. Os 3 (três) últimos candidatos só poderão sair da corresponda ao cargo para o qual está inscrito, sala juntos. comunique imediatamente o Fiscal de Sala e exija o Caderno de Questões correto. 3. As respostas do Caderno de Questões deverão ser transcritas para o Cartão Resposta com caneta esferográfica azul ou preta, sendo este o único documento válido para o processamento do seu resultado. 4. O tempo máximo disponível para a realização da prova é de 4:00 (quatro horas), já incluído o tempo destinado à identificação e ao preenchimento do Cartão Resposta. ATENÇÃO Escreva no espaço apropriado do Cartão Resposta, com a sua caligrafia usual, a seguinte frase de Charles Chaplin: "A persistência é o caminho do êxito." Poderá ser ELIMINADO do Concurso Público o candidato que não transcrever para o Cartão Resposta, em local específico, a "frase mestra". Não é permitido que o Cartão Resposta seja preenchido por outra pessoa, ressalvados os casos de atendimento especial previamente deferidos.

2 LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto e responda as questões seguintes de 1 a 10. Incubação e eclosão artísticas Era uma vez duas galinhas; ambas estavam encubando uma ninhada de ovos. Uma era empírica-analítica, a outra intuitivametafísica. No fim do terceiro dia, a galinha analítica que vamos chamar simplesmente Análise deu um profundo suspiro e disse à sua colega intuitiva a que daremos o nome de Intuição: - Você acha que há vida nesses ovos? - Acho que sim respondeu a outra. - Você é muito crédula volveu a primeira. Há três dias e três noites que estou escutando e não percebo nenhum ruído, nenhum movimento no interior dessas cascas brancas. - Hum! fez Intuição, dando ligeiro muxoxo com o bico. Pelos modos, você pensa que vida é ruído e movimento... - Penso muito; você tem razão; e você parece pensar pouco. - Que é que você pensa? - Se vida não é ruído e movimento, então não é nada mesmo. Acho que estamos perdendo o nosso tempo e as nossas forças, chocando cascas mortas, cheias de nada e de vácuo. Penso muito, muito, muito... - Cheios de nada e de vácuo? Que palavras estapafúrdias são essas?... - São termos da minha filosofia empírica intelectual... Houve momento de silêncio entre as duas galináceas. Quase que não se ouvia, no meio desse silêncio, a força do pensamento de Análise e a grande paciência de Intuição. Finalmente, dando outro suspiro prolongado e meio pessimista, disse Análise: - Estou emagrecendo...também não é pra menos... Há três dias e três noites que estou com 39 graus de febre... que coisa estúpida é essa incubação... - Essa febre é necessária observou Intuição. - Necessária para quê? - Para despertar a vida dormente nos ovos. - Vida dormente? Vida dormente?... e a incrédula deu uma gargalhada de escárnio. Como se houvesse tal coisa. Vida que dorme não é vida... Não, não aguento mais. Eu sou uma galinha intelectual, científica, galinha que pensa. Não nenhuma galinha-morta que creia em vida dormente, vida sem vida. Sou uma pensadora empírica...penso muito, muito, muito...metafísica não é comigo... Isto dizendo, a galinha analítica quebrou um dos seus ovos com a ponta do bico e derramou o conteúdo pelas palhas do ninho. - Está vendo? Está vendo? exclamou triunfante. Nem vestígio de vida. Tudo é clara e gema morta, sem movimento... Minha amiga, você é vítima de uma crença absurda. Acabe com essa mistificação! Acabe com essa febre maluca! Vá ciscar minhoca gostosa!... Com essas palavras D. Análise saltou do ninho e se afastou às pressas, deixando a colega sozinha na penumbra do galinheiro, prosseguindo na enfadonha incubação. Passaram-se mais dezoito dias, depois desse colóquio. Exatamente no 21 dia, a contar do início da incubação, deparou Análise com um bando de pintinhos, que pareciam outras tantas bolas macias de veludo e creme. E, no meio dos pequeninos, Intuição, a ciscar valentemente chamando com um alviçareiro glu-glu-glu toda vez que encontrava um suculento petisco para a dileta prole. Os pintinhos acudiam pressurosos, mas só engoliam o biscato depois que a mãe tomava no bico e jogava no chão, gesto que, em linguagem galinácea, quer dizer: É comestível! Não é veneno!... - Onde foi você arranjar esse bando de pintinhos? perguntou Análise cheia de surpresa. - São meus filhos respondeu a outra, continuando a ciscar. Saíram dos meus ovos; doze, não gorou um só... - Uééé! fez a outra, entre pensativa e incrédula. Então, havia mesmo vida naquelas cascas brancas? Penso muito... - Vida potencial, que se fez vida atual pela incubação replicou a outra, enquanto descobria mais uma minhoca gorda na terra úmida. Você não teve fé no invisível; destruiu com sua profanidade a sacralidade da vida dormente... E houve um grande silêncio em derredor... Huberto Rohden (Fonte: ROHDEN, Huberto. Filosofia da Arte. São Paulo: Martin Claret, 2008.) QUESTÃO 01 Leia as seguintes afirmações sobre a compreensão do texto: I- Era uma vez duas galinhas; ambas estavam incubando uma ninhada de ovos. A estrutura do fragmento textual remete ao mundo da imaginação. II- Há uma relação antitética entre empírica-analítica e intuitivametafísica. III- O texto hebraico do Gênesis diz que, no princípio, o espírito de Deus incubava o Cháos e dele saiu o Kosmós, relacionado ao texto, o Cháos amorfo eram as cascas brancas e o kosmós, as minhocas. IV- Existe relação sinonímica em: destruiu com a sua profanidade a sacralidade da vida dormente... Pode-se concluir, segundo o texto que: A) somente as afirmativas I e IV são verdadeiras. B) somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. C) todas as afirmativas são verdadeiras. D) somente as afirmativas I e II são verdadeiras. E) somente as afirmativas II e III são verdadeiras. QUESTÃO 02 No texto, consta o seguinte fragmento: Passaram-se mais dezoito dias, depois desse colóquio. Considerando as regras de concordância verbal em português, indique a alternativa em que o sujeito se apresenta com estrutura similar à do fragmento: A) Os pintinhos acudiam pressurosos... B) Como se houvesse tal coisa. C) Houve momento de silêncio entre as duas galináceas! D) Há três dias e três noites... E) Então, havia mesmo vida naquelas cascas brancas. QUESTÃO 03 A zeugma consiste na supressão de um termo já expresso anteriormente e deve ser assinalada por vírgula. William Roberto Cereja Página 1/7

3 Pode-se afirmar que ocorre um desrespeito à regra antes transcrita em: A) Não, não aguento mais. B) Minha amiga, você é vítima de uma crença absurda. C)... replicou a outra, enquanto descobria mais uma minhoca gorda na terra úmida. D) Uééé! fez a outra, entre pensativa e incrédula. E) Uma era empírica analítica, a outra intuitiva metafísica. QUESTÃO 04 A diferença na colocação pronominal social brasileira faz-se drástica em relação à portuguesa em uma das alternativas, assinale-a: A) D. Análise saltou do ninho e se afastou às pressas. B) Se a vida não é ruído e movimento, então não é nada mesmo. C) Como se houvesse tal coisa. D) Vida potencial, que se fez vida atual pela incubação... E)... depois que a mãe o tomava no bico... QUESTÃO 05 Isto dizendo, a galinha analítica quebrou um dos seus ovos com a ponta do bico e derramou o conteúdo pelas palhas do ninho. O período se estrutura: A) a partir de uma ideia concessiva, seguida de duas ideias alternativas. B) a partir de uma ideia condicional, seguida de duas adversativas. C) a partir de uma ideia temporal, seguida de duas ideias que são adicionadas. D) a partir de uma ideia proporcional, seguida de duas ideias explicativas. E) a partir de uma ideia de finalidade, seguida de uma ideia conclusiva. QUESTÃO 06 Muitas vezes a concordância do verbo ser fica obrigatoriamente no singular quando se deseja fazer prevalecer a importância no sujeito sobre o predicativo. (Fonte: SACCONI, Luiz Antônio. Nossa gramática completa: teoria e prática. 29 ed. São Paulo: Nova Geração, 2008). Isto ocorre na alternativa: A) Um bando de pintinhos, que pareciam outras tantas bolas macias de veludo e creme. B) Você é vítima de uma crença absurda. C) Tudo é clara e gema morta, sem movimento... D) Os pintinhos acudiam pressurosos... E) Essa fé é necessária observou Intuição. QUESTÃO 07 Observe as transformações e assinale a alternativa em que NÃO ocorreu modificação semântica em relação ao texto: A) Vá ciscar minhoca, gostosa! B) É comestível! Não, é veneno. C) São, meus filhos respondeu a outra. D) Uééé! A outra fez entre pensativa e incrédula. E) Eu sou uma intelectual galinha. QUESTÃO 08 NÃO há relação sinonímica adequada em: A) empírica (conhecer por experiência). B) metafísica (transcendência). C) volveu (retornou). D) estapafúrdias (coerente). E) pressurosos (apressados). QUESTÃO 09 Com o novo acordo da língua portuguesa, houve a eliminação do sinal de diérese intitulado trema. Indique a alternativa em que há palavra afetada por esta regra: A) Aguento. B) Intelectual. C) Incubação. D) Veludo. E) Colóquio. QUESTÃO 10 Os pintinhos acudiam pressurosos, mas só engoliam o biscato depois que a mãe o tomava no bico e jogava no chão, gesto que, em linguagem galinácea, quer dizer: É comestível Não é veneno!. A alternativa em que o segundo o é resgatada é: A) pintinhos. B) mãe. C) biscato. D) chão. E) galinácea. LEGISLAÇÃO MUNICIPAL/CLT QUESTÃO 11 Nos termos da Lei n , de 07 de dezembro de 2005 (Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações PCCR da Prefeitura de Ananindeua), o quadro de pessoal da administração direta da Prefeitura Municipal de Ananindeua compreende cargos de provimento efetivo, cargos de provimento em comissão, funções de confiança e funções gratificadas, que devem ser geridos, considerando-se os seguintes princípios, pressupostos e diretrizes: I- Universalidade: integram o Plano, todos os servidores municipais estatutários e celetistas, que participam do processo de trabalho desenvolvido pelos Órgãos da Prefeitura Municipal de Ananindeua; II- Eqüidade: todos os fatos e atos administrativos referentes a este PCCR serão públicos, garantindo total e permanente transparência; III- Participação na Gestão: para a implantação ou adequação deste Plano às necessidades da Prefeitura, deverá ser observado o princípio da participação bilateral, entre os Servidores e os Órgãos Gestores da Prefeitura Municipal de Ananindeua; IV- Concurso Público: é a única forma de ingressar nas Carreiras estabelecidas neste Plano, resguardando os servidores estáveis, segundo a Constituição Federal; V- Publicidade e Transparência: fica assegurado o tratamento igualitário para os profissionais integrantes dos cargos iguais Página 2/7

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page